segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Dançarina do Fogo


Lembro de quando te desenhava
Pelo conto lápis do canto do olho
Caíam aqueles fios densos e negros
Nos ombros desenhavam seu fogo

Chama e guerra de seus olhos
Amendoados como um oriente
Seu coração é consciente
Percebendo os laços de fogo

(Abril de 2016, para Mika Makino)

Nenhum comentário:

Postar um comentário